Selo Sou 100% PJe
  • RSS
  • Youtube
  • E-mail
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

 2020 07 30 foto reuniaoA juíza Cinthia Lima de Araújo, auxiliar da 2ª Vara do Trabalho de Aracaju, realizou, na manhã do dia 28/7, a primeira audiência telepresencial de instrução com oitiva de testemunha da Vara.

Para a audiência, conectaram-se à plataforma Google Hangouts Meet, além da juíza e dos secretários de audiência, Adriana Soares Cardoso Cruz e Paulo Santos Vieira, o reclamante, a preposta da reclamada, e os advogados Carlos Augusto Lima Neto e Matheus Souza Kehl.

De acordo com a magistrada, as testemunhas aguardaram em uma sala de espera enquanto foram ouvidas as partes. “Houve pequenas interrupções, alguma dificuldade com o som e a imagem das testemunhas que usavam celular, mas tudo foi superado com a colaboração e a paciência de todos os participantes. O impossível de ontem é o possível de hoje e, quem sabe, o costumeiro de amanhã”, concluiu a juíza.

Audiências telepresenciais

As audiências telepresenciais têm valor jurídico equivalente às presenciais, asseguradas a publicidade dos atos praticados e todas as prerrogativas processuais de advogados e partes.

Em razão da pandemia da Covid-19, as atividades desempenhadas pelo Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (TRT20) estão ocorrendo a distância com o auxílio da tecnologia.

Desde o dia 4 de maio, as Varas do Trabalho do TRT20 puderam adotar as audiências telepresenciais, disciplinadas no ATO SGP.PR Nº 007/2020.


Ascom/TRT20